Doria diz que PM agiu pela integridade ‘dos dois lados’ na Avenida Paulista

O governador de São Paulo João Doria (PSDB,) afirmou nas redes sociais que a ação da Polícia Militar neste domingo (31) contra manifestantes na Avenida Paulista visou a garantir a integridade “dos dois lados”. Durante a tarde, a Tropa de Choque disparou bombas de gás lacrimogêneo contra grupo de pessoas que se reuniu no Museu […] O post Doria diz que PM agiu pela integridade ‘dos dois lados’ na Avenida Paulista apareceu primeiro em ISTOÉ Independente.

O governador de São Paulo João Doria (PSDB,) afirmou nas redes sociais que a ação da Polícia Militar neste domingo (31) contra manifestantes na Avenida Paulista visou a garantir a integridade “dos dois lados”. Durante a tarde, a Tropa de Choque disparou bombas de gás lacrimogêneo contra grupo de pessoas que se reuniu no Museu de Arte de São Paulo (Masp) com gritos de “democracia”. Um segundo grupo de manifestantes, pró-Bolsonaro, permaneceu cercado na Avenida Paulista pela tropa regular da corporação.

“A Policia Militar de São Paulo agiu hoje para manter a integridade física dos manifestantes, na Avenida Paulista. Dos dois lados. A presença da PM evitou o confronto e as prováveis vítimas deste embate. Todos têm direito de se manifestar, mas ninguém tem direito de agredir”, afirmou Doria. “No processo democrático, manifestações devem ser respeitadas. Mas posições contrárias não podem ser expressadas com violência nas ruas. O Brasil precisa de paz, diálogo e respeito às instituições, para preservar sua democracia”, continuou.

O confronto do grupo pró-democracia com a PM teria começado após pessoas que portavam símbolos neonazistas se infiltraram na manifestação, segundo contou ao Estadão o organizador do movimento Somos Democracia Danilo Pássaro, de 27 anos. “Até então, estava tudo calmo. Nossas faixas eram pela democracia, e eu já havia feito um discurso”, afirmou.

Leia Também:

A PM utilizou bombas de gás lacrimogêneo para separar o conflito, desencadeando confronto que se estendeu por parte da Paulista em direção à estação Consolação do metrô. Um grupo passou a jogar pedras e outros objetos contra os policiais. Outros fizeram barricadas com uma caçamba de lixo. A confusão durou cerca de uma hora. Ao menos cinco manifestantes foram detidos, apurou o Estadão.

Do outro lado da avenida, em frente à sede da Federação da Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), grupo de apoiadores do governo Bolsonaro realizaram uma manifestação no local. O ato continuou normalmente.

O post Doria diz que PM agiu pela integridade ‘dos dois lados’ na Avenida Paulista apareceu primeiro em ISTOÉ Independente.

[original-link-rel='nofollow']Notícia da fonte[/original-link-rel='nofollow']

Compartilhar

Deixe seu comentário

Postagens recentes

Audiência 27/10: Record chega ao topo do Ibope, Globo se desespera e A Fazenda engole The Voice Brasil

Confira em primeira mão a audiência dos principais canais de televisão como Globo, Record e…

2 horas Atrás

Professora da rede municipal de ensino recebe troféu do prêmio ‘Educador Nota 10’

Única representante da região Norte, a gestora da rede municipal de Manaus, Lúcia Cortez, recebeu…

2 horas Atrás

Aadesam atende classificados no processo de credenciamento para trabalhar nas eleições 2020

Candidatos entregaram documentos e agora, aguardam agendamento para assinatura do contrato de trabalho A Agência…

2 horas Atrás

28 de outubro, quarta-feira

Bom dia! Aqui estão os principais assuntos para você começar o dia bem-informado. As Forças…

2 horas Atrás

Obesidade potencializa riscos de desenvolvimento do câncer de mama

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou, no último dia 21, pesquisa que…

2 horas Atrás

Whats Notícias, usa os cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento.