Categorias: G1

Discos para descobrir em casa – 'Romance da lua lua', Amelinha, 1983

Capa do álbum 'Romance da lua lua', de Amelinha Reginaldo Marinho ♪ DISCOS PARA DESCOBRIR EM CASA – Romance da lua lua, Amelinha, 1983 ♪ O público menos antenado dos shows de Elba Ramalho talvez suponha que Frevo mulher – música à qual a cantora...


Capa do álbum 'Romance da lua lua', de Amelinha Reginaldo Marinho ♪ DISCOS PARA DESCOBRIR EM CASA – Romance da lua lua, Amelinha, 1983 ♪ O público menos antenado dos shows de Elba Ramalho talvez suponha que Frevo mulher – música à qual a cantora sempre recorre no bis por saber do poder contagiante da composição de Zé Ramalho – pertença originalmente ao repertório da intérprete paraibana. A bem da verdade, esse frevo de tom forrozeiro, ideal para animar festas juninas e fins de shows, foi lançado na voz de Amélia Claudia Garcia Collares Bucaretchi, cantora cearense de nome pomposo carinhosamente conhecida pelo Brasil no fim dos anos 1970 como Amelinha. Cultuada por álbuns como Romance da lua lua, disco (parcialmente) conceitual sobre a lua apresentado em 1983, Amelinha gravou Frevo mulher em 1978 para álbum lançado no início de 1979, com o nome da então inédita composição de Zé Ramalho no título. Nascida em Fortaleza (CE) em julho de 1950, Amelinha despontou antes de Elba Ramalho com canto mais doce e menos agreste do que o da valente colega paraibana. Em 1970, após adolescentes incursões musicais feitas na cidade natal, a debutante cearense migrou para a cidade de São Paulo (SP), onde integrou a banda Maresia. Embora dissociada do grupo que ficaria conhecido como Pessoal do Ceará, Amelinha debutou em disco quatro anos mais tarde como convidada do conterrâneo Ednardo na gravação de Ausência, música do cantor e compositor cearense, incluída pelo artista no primeiro álbum solo, O romance do pavão mysteriozo (1974). Em 1977, contratada pela gravadora CBS, principal reduto da então nova geração de artistas nordestinos, a cantora lançou o primeiro álbum, Flor da paisagem, ao qual se seguiu, dois anos depois, o já mencionado disco Frevo mulher (1979). Com trajetória então ascendente, a artista viveu pico de popularidade ao defender a música Foi Deus quem fez você, lírica obra-prima do cancioneiro do compositor paraibano Luiz Ramalho (1931 – 1981), no festival MPB-80, exibido pela TV Globo em 1980. Vice-campeã do festival, a composição Foi Deus quem fez você consolidou a projeção nacional de Amelinha e impulsionou as vendas do terceiro álbum da cantora, Porta secreta, lançado em 1980 com a canção do festival e com outro sucesso popular, Gemedeira, agalopada parceria de Robertinho de Recife com José Carlos Capinan. A propagação da gravação da canção Mulher nova, bonita e carinhosa faz o homem gemer sem sentir dor (Zé Ramalho, 1982) na abertura da minissérie Lampião e Maria Bonita (TV Globo, 1982) manteve alto o valor de Amelinha na bolsa do mercado fonográfico e deu visibilidade ao quarto álbum da cantora, lançado naquele ano de 1982 com a épica música de Zé Ramalho – marido de Amelinha nesse período de boom da artista – no título. Foi nesse contexto favorável que a cantora gravou o quinto álbum, Romance da lua lua, produzido por Ramalho com Mauro Motta. Lançado em 1983 com capa que expôs Amelinha em foto de Reginaldo Marinho, o álbum Romance da lua lua foi o último título da vigorosa fase inicial da discografia da artista – período marcado sobretudo pela propagação da música nordestina produzida pela geração de compositores que despontara nos anos 1970. A partir do sexto álbum, Água e luz (1984), Amelinha foi induzida a seguir sobretudo a trilha da canção (tecno)pop radiofônica que deu o tom da década de 1980 – caminho que, a médio prazo, se mostraria equivocado e que fez a cantora perder o rumo de discografia que se tornaria mais espaçada a partir da segunda metade dos anos 1980. O álbum Romance da lua lua repercutiu menos do que os discos anteriores da cantora, mas resistiu bem ao tempo, em que pese a irregularidade do repertório formado por canções que, no lado A do LP, versaram sobre a lua. Tentativa explícita de bisar o sucesso de Gemedeira, a frenética música-título Romance da lua lua apresentou melodia feita por Flaviola – nome artístico do cantor, compositor e poeta pernambucano Flávio Lira – a partir de poema do escritor espanhol Federico García Loca (1898 – 1936). Resultou na melhor faixa do disco. Na sequência, com arranjo tecnopop que já deixou antever o tom do álbum seguinte da cantora, Sertão da lua (Caio Silvio e Ricardo Alcântara) citou Luar do sertão (João Pernambuco e Catulo da Paixão Cearense, 1910) em versos que partiram em defesa da poesia e do sentimento de canções como Lua semente (Zé Ramalho e Zé Neumanne), faixa lírica do LP, também lançada em single pela gravadora CBS. No álbum Romance da lua lua, Amelinha iluminou música obscura de Jorge Mautner – Lá vem São Jorge (Hino de São Jorge), espécie de canção em feitio de oração, nunca gravada pelo compositor – e registrou trecho de Luar (A gente precisa ver o luar) (1981), música então recente de Gilberto Gil, em vinheta que fechou o lado A do LP como se a canção de Gil estivesse sendo entoada por grupos de cantadores nordestinos. Entre a música de Mautner e a balada de Gil, a cantora deu voz no disco ao xote Telha de vidro (Tiago Araripe e Alencar Araripe), música esquecida do lado A em que Amelinha sustentou o conceito desse álbum sobre a lua. Um arretado toque da sanfona se fez ouvir na abertura do lado B do LP no arranjo de Banzo (Petrucio Maia e Vito Moreno). O conceito do álbum Romance da lua lua se diluiu nesse lado B em que Amelinha também deu voz a uma balada, Das maravilhas, em que o compositor Zé Ramalho deixou a impressão de querer soar como Roberto Carlos. Parceiros na criação de Gemedeira, o já mencionado hit de Amelinha em 1980, Robertinho de Recife e José Carlos Capinan contribuíram com o frevo Tomara que seja para o repertório do álbum Romance da lua lua. Composição também gravada por Sivuca (1930 – 2006) naquele ano, no álbum Onça caetana (1983), a balada Novas canções (Glorinha Gadelha e Afonso Gadelha) foi faixa que, na gravação de Amelinha, também sinalizou a iminente incursão da cantora pelo tecnopop da década de 1980. Por isso mesmo, resultou simbólica a alocação da Seresta sertaneza (Elomar, 1991) no fecho do álbum Romance da lua lua. Foi como se a canção lírica do sertanista compositor baiano – envolvida em cordas na gravação de Amelinha – fechasse o ciclo inicial da discografia de Amelinha, mais voltado para repertório regionalista (aos ouvidos centralizadores do eixo Rio-São Paulo) apresentado com certa urbanidade que, em âmbito mais geral, facilitou a absorção nacional das obras de compositores nordestinos como Alceu Valença, Fagner e Zé Ramalho. Essa emoção mais real, depurada, reapareceria na discografia de Amelinha somente em 2011, ano do revigorante álbum Janelas do Brasil. À beira dos 70 anos, a serem festejados em 21 de julho deste ano de 2020, a cantora tem discos que merecem ser descobertos – como este Romance de lua lua – sobretudo por quem ignora ter sido Amelinha a primeira voz de Frevo mulher.

G1

Leia Também:
Compartilhar

Deixe seu comentário

Postagens recentes

Seca: Capital do Acre não tem chuvas significativas há quase dois meses

Última chuva relevante foi registrada no dia 26 de julho, quando choveu 20 milímetros na…

19 minutos Atrás

Juiz de Fora registra nova morte e chega a 194 óbitos por Covid-19

Número de infectados na cidade ultrapassa 5.600, segundo boletim da Prefeitura, deste sábado (19). Veja…

19 minutos Atrás

Goiás tem 183.138 casos e 4.135 mortes pelo coronavírus, diz governo

Do total de contaminados, 172.552 moradores se recuperaram da doença. SES-GO já descartou 139.740 casos.…

21 minutos Atrás

Artistas de Nova Friburgo, RJ, lançam movimento pedindo a reabertura do Centro de Artes da cidade

Centro de Artes é um dos mais importantes equipamentos culturais da cidade. Unidade está fechada…

22 minutos Atrás

Verona e Roma ficam no 0 a 0 na estreia no Campeonato Italiano

Em jogo marcado por bolas na trave e no travessão, equipes não aproveitam oportunidades criadas…

24 minutos Atrás

Hamilton Mourão rebate críticas às queimadas

Em uma postagem Twitter neste sábado (19), o vice-presidente da República, Hamilton Mourão, rebateu as…

24 minutos Atrás

Em BH, Figueirense derrota o América-MG e deixa a zona de rebaixamento da Série B

Em sua luta para se recuperar na tabela de classificação do Campeonato Brasileiro da Série…

24 minutos Atrás

Voluntários recolhem mais de 180 kg de lixo de praias do Litoral Norte

Grupo percorreu praias de Caraguatatuba, São Sebastião e Ilhabela recolhendo lixo da areia. Volluntários recolhem…

26 minutos Atrás

Mais de 30 redes e armadilhas são apreendidas no Lago Azul em Araguaína

Decreto emitido pelo município em 2019 proíbe a pesca predatória no local. Quem for flagrado…

26 minutos Atrás

Coronavírus: Hortolândia registra mais 45 casos positivos e total de infectados sobe para 3.829

Boletim foi divulgado pela prefeitura na tarde deste sábado (19). Cidade segue com 132 mortes.…

27 minutos Atrás

Uberlândia passa a contar com mais frequências de voos pela Voepass

Rota ligando cidade mineira com Ribeirão Preto (SP) e Rio de Janeiro (RJ) terá voos…

28 minutos Atrás

Sergipe tem mais de 75,7 mil casos do novo coronavírus e 1.976 mortes

Nas últimas 24 horas foram registrados 108 novos casos e quatro mortes. Exame Covid-19 coronavírus…

30 minutos Atrás

Sergipe tem mais de 75,7 mil casos do novo coronavírus e 1.976 mortes

Nas últimas 24 horas foram registrados 108 novos casos e quatro mortes. Exame Covid-19 coronavírus…

30 minutos Atrás

Focos de fogo em mato mobilizam Corpo de Bombeiros em Itapetininga

Registros foram na Fepasa, na linha do trem próxima ao shopping na região central da…

30 minutos Atrás

Focos de fogo em mato mobilizam Corpo de Bombeiros em Itapetininga

Registros foram na Fepasa, na linha do trem próxima ao shopping na região central da…

30 minutos Atrás

Pompeo consolida aliança sul-americana contra Maduro

O chefe da diplomacia americana, Mike Pompeo, concluiu neste sábado uma viagem de três dias…

31 minutos Atrás

Com temperatura de 35,5ºC, DF tem dia mais quente do ano neste sábado

Recorde anterior havia sido registrado na sexta-feira (18), quando termômetros chegaram a 34,6ºC. Umidade mínima…

32 minutos Atrás

Leeds consegue primeira vitória na Premier League; Everton de James vence mais uma

Depois de colocar o Liverpool em apuros, o recém-promovido Leeds do técnico argentino Marcelo Bielsa…

32 minutos Atrás

Whats Notícias, usa os cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento.