Categorias: G1

Prefeitura de São Paulo prorroga isolamento na cidade até 15 de junho

Reabertura do comércio de rua e dos shoppings será gradual, e vai depender de planos enviados por cada setor econômico e aprovados pelo município. Prefeitura de São Paulo prorroga isolamento na cidade até 15 de junho Em São Paulo, a prefeitura da cap...

Reabertura do comércio de rua e dos shoppings será gradual, e vai depender de planos enviados por cada setor econômico e aprovados pelo município. Prefeitura de São Paulo prorroga isolamento na cidade até 15 de junho Em São Paulo, a prefeitura da capital prorrogou a quarentena e determinou que o comércio continue fechado até 15 de junho. Depois de 70 dias fechada, uma loja de colchões, em São Paulo, reabriu neste sábado (30) só para limpeza. O gerente quer deixar tudo pronto para voltar a receber clientes. Mesmo sem saber direito quando isso vai acontecer. “Agora vamos esperar e vamos ver como vai ficar o comércio. O mesmo não vai ficar, porque a gente tinha uma linha de clientes normal e agora”, fala o gerente da loja, Jorge do Nascimento. A expectativa na capital era de uma reabertura parcial a partir de segunda-feira, depois que o governo do estado anunciou a flexibilização. Na região metropolitana, por enquanto, nenhuma mudança. Neste sábado, prefeitos de sete cidades do ABC paulista foram até a sede do governo com um pedido de reavaliação e entregaram um plano para a reabertura da economia. “A gente tem certeza que estamos credenciados para poder fazer com que o comércio da nossa região volte a funcionar, mas sempre com muita responsabilidade e colocando a vida em primeiro lugar”, fala o Gabriel Maranhão, do Consórcio do Grande ABC. A capital foi incluída pelo governo do estado na fase laranja, que permite abertura de algumas atividades. Mas o prefeito de São Paulo, Bruno Covas, voltou a dizer que por enquanto nada muda. “A quarentena continua na cidade de São Paulo, não acabou ainda pandemia do coronavírus, a partir de segunda a gente começa a receber as propostas de abertura. Nada reabre na cidade de São Paulo a partir de 1º de junho”, fala Bruno Covas. E um decreto da prefeitura, publicado neste sábado, reforçou essa decisão. A quarentena foi prorrogada até o dia 15 de junho. A reabertura do comércio de rua e dos shoppings será gradual, e vai depender de planos enviados por cada setor econômico, que terão que ser aprovados pelo município. Nessa primeira fase, quem for autorizado só poderá funcionar por quatro horas seguidas ao dia e com 20% da capacidade. O plano de reabertura em São Paulo é visto com cautela por especialistas. A doença continua evoluindo enquanto o isolamento continua abaixo dos 50%. Hoje o número de contaminados passou de 107 mil no estado. E o de óbitos chegou a 7.532 mil. A taxa de ocupação dos leitos de UTI, na capital está em 80% e em 83% na região metropolitana. “O desafio tem que ser enfrentado com muito cuidado. Quando você pensa em reabrir comércio e sobretudo abrir shopping centers, que são locais fechados, você tem que ter certeza de que você está numa situação confortável, numa situação dominada e isso não é, neste momento, ainda o caso nem da cidade de São Paulo, nem da região metropolitana de São Paulo”, explica o professor da Unesp, Roberto Kraenkel.

G1

Leia Também:
Compartilhar

Deixe seu comentário

Postagens recentes

Estado do Rio de Janeiro registra 50 mortes e 137 casos de covid-19 em 24 horas

O Estado do Rio de Janeiro registrou 50 mortes por covid-19 e 137 casos da…

16 minutos Atrás

Brasil de Pelotas vence Botafogo-SP fora de casa e sobe na classificação

Com o resultado, o Xavante subiu para o 11º lugar; a derrota deixou o Pantera…

19 minutos Atrás

UFC | Colby Covington quer duelo com Nick Diaz: 'Eu o aposentaria'

Colby Covington quer duelo com Nick Diaz: 'Eu o aposentaria'

23 minutos Atrás

Começam a atender amanhã | Entidade anuncia retorno de peritos para maioria das agências do INSS

Após vistorias, 87 de 108 locais foram considerados aptos ao trabalho presencial

25 minutos Atrás

Xbox Series S e Series X chegam ao Brasil em novembro por R$ 2.999 e R$ 4.999

A Microsoft oficializou nesta segunda-feira (21) os preços dos novos Xbox Series S e Series…

25 minutos Atrás

Whats Notícias, usa os cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento.