Categorias: G1

Primeiro Caged de 2020: maiores cidades do Centro-Oeste têm saldo negativo de empregos nos meses de março e abril

Os municípios suspenderam as atividades comerciais neste período e sentiram os impactos da crise econômica causada pela pandemia da Covid-19. Cidades do Centro-Oeste registraram maiores taxas de desemprego nos meses de maio e abril de 2020 Eliel ...


Os municípios suspenderam as atividades comerciais neste período e sentiram os impactos da crise econômica causada pela pandemia da Covid-19. Cidades do Centro-Oeste registraram maiores taxas de desemprego nos meses de maio e abril de 2020 Eliel Nascimento/Divulgação. As maiores cidades do Centro-Oeste tiveram saldo negativo para criação de emprego nos quatro primeiros meses deste ano. A informação foi divulgada nesta semana, pela primeira vez neste ano, pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do Ministério da Economia. O G1 listou a situação das maiores cidades da região, e divulgou nesta quinta-feira (29) que Divinópolis fechou mais de 1.200 postos de trabalho. Primeiro Caged de 2020: Divinópolis fecha mais de 1.200 postos de trabalho Este foi o primeiro Caged divulgado no ano, que foi publicado em um novo formato, que não apresenta os números e desligamentos e aberturas por setores econômicos por município, apenas dados estaduais e nacionais. Divinópolis Em Divinópolis, o primeiro mês de 2020, fechou com menos 93 postos de trabalho. Em fevereiro, houve um salto e a cidade encerrou o mês com saldo positivo de 525 empregos gerados. Em março, quando os estabelecimentos começaram a ser fechados por causa dos efeitos da crise da Covid-19, Divinópolis registrou 231 postos de trabalho. Já no mês de abril, o município registrou 771 admissões e 2.232 demissões. Ou seja, um saldo negativo de 1.461. O maior de 2020. Bom Despacho De acordo com os dados do Caged, Bom Despacho finalizou o mês de janeiro com saldo positivo na geração de empregos com 38 novas contratações. No mês de fevereiro o número foi ainda maior e o município registrou 74 novas contratações. Já em março, houve retrocesso devido aos agravos na economia causados pela pandemia, e o município fechou com menos 61 vagas de emprego. No mês de abril o número negativo quase que dobrou e o fechamento foi de menos 111 novos postos. No mês de abril o Caged apontou que no município houve 173 admissões e 284 desligamentos. Evolução mensal do saldo de empregos em Bom Despacho Formiga Formiga finalizou o mês de janeiro com 59 novas vagas de emprego ocupadas. No mês de fevereiro o número de geração de emprego foi ainda maior e o município teve 135 novas contratações. No entanto, em março, quando as atividades econômicas foram afetadas pela Covid-19, o reflexo foi o fechamento de 122 postos de empregos. Em abril foram fechados ainda mais postos e o mês finalizou em queda com menos 284 postos d etrabalho. No mês de abril o Caged apontou que no município houve 210 admissões e 494 desligamentos. Evolução mensal do saldo de empregos em Formiga Itaúna Diferente de outras cidades que começaram a registrar queda na geração de empregos em março, por conta dos efeitos do novo coronavírus na economia, Itaúna começou o ano com saldo negativo. O Caged apontou menos 97 postos de trabalho na cidade. Já em fevereiro o saldo foi positivo com a geração de 296 empregos. Nos dois meses seguintes o saldo voltou a ficar negativo com menos 50 postos de trabalho em março e menos 576 em abril. No mês de abril o Caged apontou que no município houve 380 admissões e 956 desligamentos. Evolução mensal do saldo de empregos em Itaúna Nova Serrana O Caged apontou que Nova Serrana finalizou o mês de janeiro com 929 empregos gerados. No mês de fevereiro houve um salto e o município gerou 1.665 novos postos de trabalho. No entanto, em março, houve o fechamento de 2.130 postos de empregos e no mês de abril a situação alcançou um nível ainda pior, 3.800 postos de emprego foram fechados. No mês de abril o Caged apontou que no município houve 178 admissões e 3.978 desligamentos Evolução mensal do saldo de empregos em Nova Serrana Pará de Minas No município de Pará de Minas o mês de janeiro foi encerrado com 109 empregos gerados. Em fevereiro houve queda, mas o saldo ainda fechou positivo com 71 novos empregos. Em março, quando as atividades econômicas foram afetadas pela Covid-19, o reflexo foi o fechamento de 30 postos de empregos e no mês de abril o fechamento foi negativo, de menos 489 postos de trabalho No mês de abril o Caged apontou que no município houve 392 admissões e 881 desligamentos Evolução mensal no saldo de empregos em Pará de Minas Veja também: Primeiro Caged de 2020: Divinópolis fecha mais de 1.200 postos de trabalho Prefeitura de Divinópolis apresenta decreto que regulamenta funcionamento de parte do comércio, indústrias e serviços Brasil A economia brasileira fechou 1,1 milhão de vagas de trabalho com carteira assinada entre os meses de março e abril. Os números do Caged são os primeiros a mostrar o retrato do impacto da pandemia do novo coronavírus no mercado de trabalho brasileiro. A pandemia levou governos a adotarem medidas de restrição e isolamento social para reduzir a velocidade do avanço da doença. Tais medidas exigiram o fechamento de grande parte do comércio no país - no início, apenas setores considerados essenciais foram autorizados a permanecer funcionando, como supermercados e farmácias - e também de fábricas, o que provocou a suspensão de contratos de trabalho e também a demissão de trabalhadores. De acordo com o Caged, em março, quando os efeitos da crise do coronavírus começaram a ser sentidos, foram fechadas 240.702 vagas formais no país. Já no mês de abril, a eliminação de vagas de trabalho formais se acelerou: foram 860.503 postos fechados, o pior resultado da série histórica da Secretaria Especial de Trabalho e Previdência do Ministério da Economia, que tem início em 1992. Com isso, foi a maior demissão registrada em um único mês em 29 anos.

G1

Leia Também:
Compartilhar

Deixe seu comentário

Postagens recentes

Na Arena Pantanal, Cuiabá derrota o Oeste e assume a liderança da Série B

Dourado faz a lição de casa e segue forte na briga pelo acesso na competição;…

18 minutos Atrás

Em noite de falhas, Cruzeiro leva três do CSA e se complica na Série B

Em um jogo em que a defesa não conseguiu evitar os ataques aéreos do time…

18 minutos Atrás

Santa Cruz segura empate com Manaus na Arena da Amazônia e segue líder na Série C

Mesmo sem vencer, o Santa Cruz-PE manteve a liderança isolada do Grupo A do Campeonato…

39 minutos Atrás

Brasil passa de 4,5 milhões de casos de Covid

Levantamento do consórcio de veículos de imprensa registra 708 mortes por coronavírus em 24 horas.…

40 minutos Atrás

Whats Notícias, usa os cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento.