Categorias: Geral

Protesto no Palácio Guanabara termina em confusão  

Manifestantes se reuniram na tarde de hoje (31) em frente ao Palácio Guanabara, sede do governo do Rio de Janeiro, para participar do ato “Vidas Negras Importam”, em protesto contra a violência policial nas favelas e pela morte do adolescente João Pedro, de 14 anos, morto durante uma operação policial no Morro do Salgueiro, em […] O post Protesto no Palácio Guanabara termina em confusão     apareceu primeiro em ISTOÉ Independente.

Manifestantes se reuniram na tarde de hoje (31) em frente ao Palácio Guanabara, sede do governo do Rio de Janeiro, para participar do ato “Vidas Negras Importam”, em protesto contra a violência policial nas favelas e pela morte do adolescente João Pedro, de 14 anos, morto durante uma operação policial no Morro do Salgueiro, em São Gonçalo.

A manifestação começou às 15h e ocorria pacificamente com os integrantes carregando faixas contra a morte de negros em confrontos com a polícia, até que começou o conflito com a Polícia Militar, praticamente no final do ato.

Os agentes jogaram bombas de gás e usaram spray de pimenta nos manifestantes. Houve muita correria nas ruas próximas ao Palácio.

Leia Também:

Procurada, até o fechamento dessa matéria, a Polícia Militar ainda não havia divulgado nota sobre o confronto.

O post Protesto no Palácio Guanabara termina em confusão   apareceu primeiro em ISTOÉ Independente.

[original-link-rel='nofollow']Notícia da fonte[/original-link-rel='nofollow']

Compartilhar

Deixe seu comentário

Postagens recentes

Brasil registra 739 mortes pela covid-19 nas últimas 24 horas

O Ministério da Saúde (MS) atualizou no início da noite deste sábado (19) os dados…

15 minutos Atrás

Médicos argentinos, esgotados após seis meses de combate ao coronavírus

No Hospital Posadas, o maior da Argentina, todos os leitos de terapia intensiva estão ocupados…

18 minutos Atrás

Whats Notícias, usa os cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento.