Categorias: mundo

Grécia autorizará mais voos procedentes da UE a partir de 15 de junho

A Grécia autorizará voos de mais países da União Europeia (UE), incluindo Espanha, a partir de 15 de junho, informou uma autoridade do governo neste sábado. Os passageiros não ficarão sujeitos a medidas estritas de quarentena, exceto aqueles que chegarem das regiões mais afetadas pela COVID-19, como as regiões de Madri, Catalunha, Castilla y León […] O post Grécia autorizará mais voos procedentes da UE a partir de 15 de junho apareceu primeiro em ISTOÉ Independente.

A Grécia autorizará voos de mais países da União Europeia (UE), incluindo Espanha, a partir de 15 de junho, informou uma autoridade do governo neste sábado.

Os passageiros não ficarão sujeitos a medidas estritas de quarentena, exceto aqueles que chegarem das regiões mais afetadas pela COVID-19, como as regiões de Madri, Catalunha, Castilla y León e Castilla-La Mancha na Espanha; Ile-de-France, na França (Paris e arredores) e Emília-Romanha, Lombardia, Piemonte e Vêneto, na Itália.

“Agora vai depender do aeroporto de origem, não do país [de origem]”, disse à AFP.

Na véspera, a Grécia havia anunciado a abertura dos aeroportos de Atenas e Thessaloniki (norte) para turistas de 29 países, incluindo uma quinzena na União Europeia, em 15 de junho.

De 15 a 30 de junho, os aviões só poderão pousar nessas duas cidades. Os outros aeroportos regionais não estarão operacionais até 1º de julho.

De acordo com um documento do Ministério de Relações Exteriores da Grécia divulgado no sábado, a Grécia seguiu as recomendações da Agência Europeia para a Segurança da Aviação (EASA) para determinar quais aeroportos da UE estão sob alto risco de pandemia.

O texto indica que os viajantes que não vierem de um aeroporto da “lista de áreas afetadas pela AESA” pelo novo coronavírus serão submetidos apenas a “testes aleatórios na chegada” à Grécia.

Leia Também:

Todos os viajantes dos aeroportos nas áreas afetadas, de acordo com a AESA, terão que passar por um exame de diagnóstico, explica o documento.

Se o teste for negativo, o passageiro terá que ficar em quarentena por sete dias. Se positivo, a quarentena – neste caso monitorada – será de 14 dias, de acordo com a mesma fonte.

Além da UE, também serão autorizados voos de Suíça, Noruega, Albânia, Sérvia, Macedônia do Norte, Austrália, Japão, Israel, Líbano, China, Nova Zelândia e Coréia do Sul.

Até agora, a Grécia, um país de 10,7 milhões de habitantes, registrou menos de 200 mortes por COVID-19 e cerca de 3.000 casos.

O post Grécia autorizará mais voos procedentes da UE a partir de 15 de junho apareceu primeiro em ISTOÉ Independente.

[original-link-rel='nofollow']Notícia da fonte[/original-link-rel='nofollow']

Compartilhar

Deixe seu comentário

Postagens recentes

Governo brasileiro confirma intenção de aderir à Covax

Após tratativas com a Aliança GAVI, o governo brasileiro confirmou a intenção de aderir à Covax…

14 minutos Atrás

TRT11 institui protocolo para o retorno gradual e progressivo das atividades presenciais

A retomada se dará em três etapas distintas, com início condicionado ao amplo acesso a…

18 minutos Atrás

Defensoria volta a fiscalizar projeto “Escola Aberta” na rede municipal de educação

Após defensores identificarem série de inadequações, houve mudanças nas escolas em comparação à fiscalização do…

24 minutos Atrás

Kennedy Alencar | Morte de Ginsburg abrirá guerra entre Trump e Biden

Morte de Ginsburg abrirá guerra entre Trump e Biden

25 minutos Atrás

Série animada da Arlequina é renovada para 3ª temporada

A Warner anunciou a renovação de "Harley Quinn", a série animada adulta da Arlequina, para…

27 minutos Atrás

Eleitores já podem ir às urnas em quatro estados dos EUA, um mês e meio antes das eleições

Dessa vez, em todo o país, muito mais eleitores vão poder votar pelo correio para…

30 minutos Atrás

PFR prende três pessoas suspeitas de tráfico de drogas e uma por calúnia em Boa Vista

De acordo com a PRF, prisão de dois dos suspeitos, ocorreu após ser identificado o…

32 minutos Atrás

Rosto de homem que viveu há 6 mil anos no Litoral Norte é recriado por computação gráfica

Chamado de Zé pelos pesquisadores, ele tinha entre 40 e 50 anos e seus ossos…

32 minutos Atrás

Homem morre afogado no rio Tucunduba, no bairro do Guamá, em Belém

Segundo os Bombeiros, o homem vivia em situação de rua e estava embriagado quando se…

35 minutos Atrás

Whats Notícias, usa os cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento.