Categorias: mundo

Protestos contra a violência policial e o racismo aumentam nos EUA

Confrontos entre manifestantes e policiais sacudiram no sábado à noite várias grandes cidades dos Estados Unidos, apesar do toque de recolher decretado em muitas localidades para deter os distúrbios que explodiram após a morte de um homem negro em uma ação policial na segunda-feira. O presidente Donald Trump prometeu acabar com a violência após várias […] O post Protestos contra a violência policial e o racismo aumentam nos EUA apareceu primeiro em ISTOÉ Independente.

Confrontos entre manifestantes e policiais sacudiram no sábado à noite várias grandes cidades dos Estados Unidos, apesar do toque de recolher decretado em muitas localidades para deter os distúrbios que explodiram após a morte de um homem negro em uma ação policial na segunda-feira.

O presidente Donald Trump prometeu acabar com a violência após várias noites de distúrbios em Minneapolis, cidade em que George Floyd, de 46 anos, foi morto durante sua detenção.

Nesta cidade do estado de Minnesota, norte do país, a polícia avançou contra os manifestantes que não respeitaram o toque de recolher e usou bombas de efeito moral para dispersar o protesto.

Também foram registrados confrontos entre manifestantes e policiais em Los Angeles, Chicago e Nova York.

O caso de Floyd, que faleceu depois que um policial branco o deixou de bruços no chão por quase nove minutos, apoiando o joelho contra seu pescoço, se tornou o mais recente símbolo da violência policial contra os cidadãos negros e provocou a maior onda de protestos dos últimos anos nos Estados Unidos.

Trump culpou a extrema-esquerda pela violência e afirmou que “revoltosos, saqueadores e anarquistas” estavam desonrando a memória de George Floyd.

“Não podemos e não devemos permitir que um pequeno grupo de criminosos e vândalos destrua nossas cidades e provoquem devastação em nossas comunidades”, disse Trump após os distúrbios ocorridos na sexta-feira em Minneapolis.

“Meu governo interromperá a violência da turba”, acrescentou.

Seu rival democrata nas eleição presidencial de novembro, Joe Biden, condenou a violência dos protestos, mas afirmou que os americanos têm o direito de manifestação.

“Protestar contra tal brutalidade é correto e necessário. É uma resposta totalmente americana”, afirmou Biden em um comunicado. “Mas queimar comunidades e destruição desnecessária não é. Violência que coloca vidas em risco não é. Violência que destrói e fecha negócios que atendem à comunidade não é”, completou.

Os distúrbios levaram cidades como Los Angeles, Atlanta, Chicago e Filadélfia a anunciar toques de recolher.

– Guarda Nacional –

O governador de Minnesota, o democrata Tim Walz, também denunciou a responsabilidade de elementos externos a seu estado que, segundo ele, poderiam ser anarquistas, supremacistas brancos ou narcotraficantes.

Para retomar o controle da situação, ele anunciou a mobilização dos 13.000 soldados da Guarda Nacional de seu estado, um destacamento que não era anunciado desde a Segunda Guerra Mundial.

Walz alertou sobre uma situação “perigosa” nas ruas na noite de sábado e informou que solicitou a assistência do secretário de Defesa.

Leia Também:

As unidades da polícia militar permanecem alertas para uma possível intervenção em Minneapolis, com um tempo de resposta de quatro horas, informou o Pentágono em comunicado.

“Podemos enviar nossos soldados muito rapidamente”, disse Trump anteriormente na Casa Branca.

A polícia militar não está autorizada a intervir no território americano, exceto no caso de insurreição. O corpo não é mobilizado desde 1992, quando foi convocado durante os violentos distúrbios em Los Angeles após a morte pela polícia de outro homem negro, Rodney King.

– Saques e incêndios –

A presença da polícia não impediu os protestos de milhares de pessoas em cidades como Dallas, Las Vegas, Seattle e Memphis.

As manifestações se aproximaram da Casa Branca, onde as forças de segurança usaram gás lacrimogêneo e focos de incêndio foram registrados.

Em Nova York, mais de 200 pessoas foram detidas após confrontos que deixaram vários feridos entre os agentes de segurança.

Manifestantes queimaram viaturas policiais em Miami e Atlanta. Em Los Angeles, cinco agentes ficaram feridos centenas de pessoas foram detidas após incêndios e saques, sobretudo em Beverly Hills.

Os manifestantes denunciam a violência da polícia contra os cidadãos negros e exigem justiça para Floyd, detido supostamente por tentar pagar uma loja com uma nota falsa de 20 dólares.

O vídeo de sua detenção, que mostra como o policial o deixou retido no chão enquanto ele grita que não pode respirar, chocou o país.

Na sexta-feira, o agente que aparece na gravação, Derek Chauvin, foi acusado por assassinato em terceiro grau. Ele foi demitido, assim como os outros três policiais envolvidos na detenção.

A família de Floyd, que será enterrado em sua cidade natal, Houston, considerou a detenção de Chauvin um primeiro passo “no caminho da justiça”, mas pediu acusações mais duras contra ele, assim como a prisão dos outros agentes envolvidos.

O post Protestos contra a violência policial e o racismo aumentam nos EUA apareceu primeiro em ISTOÉ Independente.

[original-link-rel='nofollow']Notícia da fonte[/original-link-rel='nofollow']

Compartilhar

Deixe seu comentário

Postagens recentes

INSS informa que 202 peritos compareceram ao trabalho hoje

A Secretaria Especial de Previdência e Trabalho e o Instituto Nacional do Seguro Social informaram…

13 minutos Atrás

Alfredo afirma que dará continuidade nas ações feitas em Manaus por Arthur Neto

“Vou fazer um trabalho de continuidade”, disse em entrevista na manhã desta terça-feira, dia 22,…

14 minutos Atrás

Itamaraty: Não aprovação de acordo Mercosul/UE pode agravar problemas ambientais

O governo brasileiro afirmou que a não aprovação do acordo entre o Mercosul e a…

15 minutos Atrás

100% em casa e com grande novidade no elenco, Guaraní recebe Palmeiras

Time paraguaio venceu todos os seus jogos em casa nesta Libertadores e agora tem pela…

17 minutos Atrás

Barcelona empresta Monchu, jovem meio-campista da base, ao Girona

Jovem de 21 anos foi um dos destaques do Barcelona B na última temporada O…

17 minutos Atrás

Fernando Rocha conta que a mãe está com covid-19: ‘descuidou’

O apresentador Fernando Rocha usou seu Instagram na noite de segunda-feira, 21, para contar que…

18 minutos Atrás

Jackie Chan é contratado pelo Manaus FC para disputa da Série C

Jovem promessa do futebol local, o atacante Ivanilson Barbosa Chaul, o Jackie Chan, de 24…

19 minutos Atrás

Veja a íntegra do discurso de Bolsonaro na 75ª Assembleia Geral da ONU

O presidente Jair Bolsonaro fez hoje (22) o discurso de abertura da 75ª Assembleia Geral…

19 minutos Atrás

Torcedores de organizadas do Cruzeiro tentam invadir CT

Um pequeno e barulhento grupo tentou chegar nos jogadores e fizeram outro protestos na porta…

19 minutos Atrás

Pandemia adia Corrida de São Silvestre para maio do ano que vem

A edição 2020 da Corrida Internacional de São Silvestre foi adiada para 11 de julho…

19 minutos Atrás

Andrew comenta estreia do Botafogo no Brasileirão Sub-20: ‘Representar bem essa estrela’

Goleiro é um dos destaques da equipe de base do Glorioso; time comandado por Marcos…

20 minutos Atrás

Bolsonaro exonera Novaes do cargo de presidente do BB

O presidente da República, Jair Bolsonaro, exonerou, a pedido, o presidente do Banco do Brasil,…

21 minutos Atrás

Governo brasileiro diz que não aprovação do acordo Mercosul-UE pode agravar problemas ambientais

BRASÍLIA - O governo brasileiro afirmou que a não aprovação do acordo entre o Mercosul…

21 minutos Atrás

Diego Souza admite queda de rendimento e minimiza pressão para o Gre-Nal

O Grêmio terá um dos jogos mais importantes da temporada nesta quarta-feira, quando enfrenta o…

22 minutos Atrás

Limite de 30% para cada setor e aguardo de aval da CBF: Rubens Lopes fala sobre Maraca com público

Em debate nesta terça na Ferj sobre retorno de torcedores ao estádio, mandatário assegura plenas…

23 minutos Atrás

Libertadores – Jogo entre Flamengo x Barcelona é confirmado para esta terça-feira (22)

Após um dia inteiro de indecisão, a partida entre Flamengo e Barcelona de Guayaquil foi…

24 minutos Atrás

Libertadores – Jogo entre Flamengo x Barcelona é confirmado para esta terça-feira (22)

Após um dia inteiro de indecisão, a partida entre Flamengo e Barcelona de Guayaquil foi…

24 minutos Atrás

Governo cria Cadastro Ambiental Urbano

O Ministério do Meio Ambiente (MMA) lançou o Cadastro Ambiental Urbano (CAU), um aplicativo com…

24 minutos Atrás

Jefferson Slack? Novo diretor de marketing da Racing Point arranca risos no Paddock GP

O novo diretor de marketing da Racing Point, futura Aston Martin, é Jefferson Slack, que…

24 minutos Atrás

Bolsonaro é criticado por organizações ambientais

O discurso de Jair Bolsonaro nesta terça-feira, 22, na 75ª Assembleia das Nações Unidas (ONU)…

24 minutos Atrás

Whats Notícias, usa os cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento.