A culpa por não fazer mais

Mais do que o cansaço de sair de casa de manhã para receber e distribuir doações para os moradores do Complexo do Alemão, no Rio de Janeiro, todos os dias, o peso que a pedagoga Priscila Emanuelle, 32 anos, mais sente é o ...

Mais do que o cansaço de sair de casa de manhã para receber e distribuir doações para os moradores do Complexo do Alemão, no Rio de Janeiro, todos os dias, o peso que a pedagoga Priscila Emanuelle, 32 anos, mais sente é o da culpa. “Estava falando disso ontem com a minha amiga Camila. Disse a ela que me sinto a pior mãe do mundo, mas ela prontamente me corrigiu”, contou por telefone. Antes da pandemia, a professora já fazia trabalho voluntário...

Fonte: MSN | Hotmail, Notícias, Famosos, Clima, Horóscopo, Outlook

Leia Também:
Compartilhar

Deixe seu comentário

Postagens recentes

De uma só vez, AGU promove 606 procuradores para topo da carreira

A Advocacia-Geral da União (AGU) promoveu de uma tacada só 607 procuradores federais. A maioria…

29 minutos Atrás

Russomanno lidera em São Paulo com 29%, segundo pesquisa Datafolha

O deputado federal Celso Russomanno (Republicanos) lidera a corrida pela Prefeitura de São Paulo, com…

31 minutos Atrás

Whats Notícias, usa os cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento.